As melhores músicas de natal de todos os tempos

As melhores músicas de natal de todos os tempos

Img - As melhores músicas de natal de todos os tempos



O Natal é uma época mágica do ano. A data é esperada por muitas famílias, que se preparam para celebrar a festividade religiosa.

O período é marcado por uma decoração especial, por comidas tradicionais e também por muitas músicas. As canções de natal transmitem toda a energia positiva da data. Essas músicas são repletas de mensagens de amor, esperança e fé.



1 - “All I Want for Christmas Is You” – Essa música foi gravada pela cantora Mariah Carey, em dezembro de 1994. A canção é muito famosa nos Estados Unidos.




2 - “Please come home for Christmas” – Essa bela canção foi interpretada por Jon Bon Jovi e pelos Eagles.



3 - “Last Christmas“ – A música natalina foi gravada pela banda Coldplay.



4 - “Blue Christmas” – Essa tradicional música de natal foi gravada pelo Rei Elvis Presley em 1957.



5 – “Jingle Bell Rock” – Essa é uma das músicas mais conhecidas do natal. O clássico foi gravado por vários artistas, entre eles o grupo Arcade Fire.



6 - “Happy Xmas (War Is Over)” – Essa canção foi gravada por John Lennon, e regravada por Celine Dion, Jessica Simpson e Diana Ross. A versão original, lançada em 1971, é composição de John Lennon, Yoko Ono e Plastic Ono Band.



7 - “Boas Festas” - Essa música é de Assis Valente, e se tornou um clássico brasileiro do natal. Essa música foi gravada pela primeira vez em 1933 por Carlos Galhardo.



8 – “Então é Natal” – Essa é a versão brasileira de Claudio Rabello para o clássico natalino de John Lennon e Yoko Ono. A música foi gravada pela cantora Simone.



9 – “Santa Claus is coming to town” – Essa música de natal foi gravada pelo grupo Jackson 5.



10 – “We Wish You a Merry Christmas” – Essa canção de natal foi gravada pelo grupo 101 Cordas e está no álbum “Datas Festivas”.
Fonte: http://www.sitedecuriosidades.com/curiosidade/as-melhores-musicas-de-natal-de-todos-os-tempos.html

Bernardo Carvalho


Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Bernardo Carvalho
Bernardo Carvalho em encontro organizado pelo Instituto de Letras da UERJ em 2010
Nome completoBernardo Teixeira de Carvalho
Nascimento
Rio de Janeiro Brasil
Género(s)Romance
Magnum opusNove Noites
PrémiosPrêmio Portugal Telecom de Literatura (2003)
Bernardo Teixeira de Carvalho (Rio de Janeiro1960) é um escritor e jornalista brasileiro.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Foi editor do suplemento de ensaios Folhetim, e correspondente da Folha de S. Paulo em Paris e Nova Iorque. Seus dois primeiros livros foram editados na França.
Bernardo Carvalho teve o seu livro Mongólia distinguido com o Prêmio APCA da Associação Paulista dos Críticos de Arte, edição 2003, bem como o Prêmio Jabuti de 2004, ambos na categoria romance. Mais tarde, em 2014, receberia novamente o Jabuti porReprodução, também na categoria romance[1]. Antes, ele recebeu, a meias com Dalton Trevisan (Pico na Veia), o Prêmio Portugal Telecom de Literatura Brasileira, com o romance Nove Noites.
Bernardo Carvalho no Salão do Livro emParis em 2010
.

Obras[editar | editar código-fonte]

  • 1993 Aberração (coletânea de contos)
  • 1995 Onze (romance)
  • 1996 Os Bêbados e os Sonâmbulos (romance)
  • 1998 Teatro (romance)
  • 1999 As Iniciais (romance)
  • 2000 Medo de Sade (romance)
  • 2002 Nove Noites (romance)
  • 2003 Mongólia (romance)
  • 2007 O Sol se Põe em São Paulo (romance)
  • 2009 O Filho da Mãe (romance)[2]
  • 2013 Reprodução (romance)

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

Ícone de esboçoEste artigo sobre uma pessoa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.
Commons possui uma categoriacontendo imagens e outros ficheiros sobre Bernardo Carvalho


https://pt.wikipedia.org/wiki/Bernardo_Carvalho

10 coisas que você provavelmente não sabe sobre seu próprio corpo



Juliana Miranda








Você já ter ouvido falar que o corpo humano é uma máquina perfeita. Ele realmente é! São tantos os mistérios e fatos impressionantes sobre nosso próprio corpo, que até duvidamos que seja possível existir uma engrenagem tão perfeitamente harmônica e especial.

Todas as nossas células, sistemas, órgãos, músculos e sentidos estão em equilíbrio e são interligados de uma maneira quase mágica.

Se você pensa que sabe tudo, ou quase tudo, sobre o seu próprio corpo, leia as informações abaixo e descubra 10 coisas incríveis que você provavelmente desconhece:

1. Seu cérebro pode gerar energia suficiente para iluminar uma lâmpada de 10 watts.

2. Seus pés têm cerca de 500 mil glândulas de suor, e podem produzir muito suor diariamente.

3. Durante a sua vida, você vai produzir saliva suficiente para encher duas piscinas inteiras.

4. A maioria das pessoas perde de 60 a 100 fios de cabelo por dia.

5. Um espirro humano pode atingir uma velocidade média de 160 km/h.

6. Uma pessoa normal solta 14 puns por dia.

7. Mulheres piscam os olhos duas vezes mais que os homens. Elas também apresentam melhor olfato.

8. A maior célula do corpo humano é o óvulo feminino, e a menor é o esperma do homem.

9. Todos nós já vivemos meia hora como uma única célula.

10. É impossível para um ser humano fazer cócegas em si mesmo.

Fonte: http://www.sitedecuriosidades.com/curiosidade/10-coisas-que-voce-provavelmente-nao-sabe-sobre-seu-proprio-corpo.html

Fiji


Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Republic of Fiji (inglês)
Matanitu ko Viti (fijiano)
फ़िजी गणराज्य (híndi fijiano)
(Ripablik ăph Phījī)

República de Fíji
Bandeira de Fiji
Brasão de Fiji
BandeiraBrasão das Armas
Lema: Rerevaka na Kalou ka Doka na Tui
("Tema a Deus e Honre a Rainha")
Hino nacionalGod Bless Fiji
MENU
0:00
Gentílicofijiano

Localização da Fiji
CapitalSuva [1]
17°11'S 178°55′O
Cidade mais populosaSuva
Língua oficialInglês e Fijiano
GovernoRepúblicaParlamentarista
 - PresidenteGeorge Konrote
 - Primeiro-ministroFrank Bainimarama
IndependênciaDo Reino Unido 
 - Proclamada10 de outubro de 1970 
 - Reconhecida10 de outubro de 1970 
Área 
 - Total18.274 km² 
População 
 - Estimativa para 2007905.354 hab. (153.º)
 - Densidade148 hab./km² 
PIB (base PPC)Estimativa de 2005
 - TotalUS$ 5,447 bilhõesUSD (149.º)
 - Per capitaUS$ 6.375 USD (93.º)
IDH (2014)0,727 (90.º) – elevado[2]
MoedaDólar Fijiano (FJD)
Fuso horário(UTC+12)
Climatropical marinho
Org. internacionaisONU
Cód. Internet.fj
Cód. telef.+679
Website governamentalwww.fiji.gov.fj

Mapa da Fiji
República de Fíji[3] ou das Fiji[4], por vezes escrito Fidji (pronúncia em língua portuguesa[ˈfiʒi][ˈfidʒi][fiˈʒi] ou [fiˈdʒi][carece de fontes];[nota 1] em fijianoMatanitu ko Viti; em inglês: Republic of Fijipronunciado: [ˈfiːdʒiː]; híndi fijiano: फ़िजी गणराज्य Fijī Gaṇarājya), anteriormente conhecida como República das Ilhas Fiji, é um país insular da Oceania, composto por 332 ilhas no Oceano Pacífico. Fíji faz fronteira marítima com Tuvalu e com o território francês de Wallis e Futuna a norte, comTonga a leste, e com o território francês da Nova Caledónia, com Vanuatu e com as Ilhas Salomão a oeste. A sul, a terra mais próxima corresponde às ilhas neozelandesas de Kermadec, mas estão bastante afastadas.

História[editar | editar código-fonte]

Ver artigo principal: História de Fiji

Colonização[editar | editar código-fonte]

Evidências arqueológicas mostram que os primeiros colonos de Fiji chegaram navegando das Ilhas Santa Cruz(politicamente são parte das Salomão, mas seu ecossistema de florestas úmidas é o mesmo de Vanuatu) nas primeiras migrações do povo ancestral conhecido como Lápita (Os descendentes diretos desse povo hoje são os melanésios) para a região do "crescente", Fíji-Tonga-Samoa, berço da cultura polinésia, em 1500 a.C.
Os primeiros habitantes de Fiji chegaram das Santa Cruz muito tempo antes de as ilhas serem descobertas por exploradores europeus. As ilhas Vanua Levu e Viti Levu, as principais do arquipélago de Fiji, foram descobertas em 6 de fevereiro de 1643 pelo navegador holandês Abel Tasman. As outras ilhotas que compõem o arquipélago foram descobertas no século seguinte pelo explorador inglês James Cook. Os europeus só estabeleceram o primeiro posto decolonização em 1804

Independência[editar | editar código-fonte]

As ilhas ficaram sob controle do Reino Unido em 1874, com o estatuto de colônia. Em 1970 foi dada independência ao país. O governo democrático foi interrompido por dois golpes militares em 1987, provocados por uma percepção por parte das restantes comunidades de que o governo era dominado pela comunidade indo-fijiana (indiana). Em virtude desses golpes militares, o arquipélago é expulso da Comunidade Britânica.

Política[editar | editar código-fonte]

Ver artigo principal: Política de Fiji
Uma constituição proclamada em 1990 garantiu o controle do país pela população fijiana, mas deu origem a grande emigração de indianos. A perda de população levou a dificuldades econômicas, mas garantiu que os melanésios se tornassem majoritários no país. Em 1992 ocorrem eleições que são vencidas pelo Partido Político Fijiano.
Uma revisão realizada em 1997 tornou a constituição de Fiji mais equitativa. Realizaram-se eleições livres e pacíficas em 1999, que resultaram num governo liderado por um indo-fijiano. Um ano mais tarde, o governo foi deposto por um golpe de estado liderado por George Speight, um nacionalista fijiano de linha dura. A democracia foi restaurada em finais de 2000 e Laisenia Qarase, que liderara um governo interino desde o golpe, foi eleito primeiro-ministro.
Para um país do seu tamanho, Fiji tem forças armadas excepcionalmente eficientes, e tem sido um contribuinte importante em missões de manutenção de paz das Nações Unidas em vários pontos do globo.
Em dezembro de 2006, o general Frank Bainimarama deu um golpe de estado e depôs o governo do primeiro-ministro Laisenia Qarase. O ex-presidente da Associação de Médicos de Fiji Jona Senilagakali será o primeiro-ministro transitório até a formação de um governo interino. Austrália e Nova Zelândia protestaram contra o golpe, o governo neozelandês anunciou sanções contra Fiji. Em 1º de Setembro de 2009, Fiji foi expulsa da Comunidade das Nações.

Subdivisões[editar | editar código-fonte]

O Arquipélago de Fiji está dividido em quatro divisões administrativas, que por sua vez estão subdivididas em 14províncias. Cada divisão é chefiada por um Comissário, indicado pelo governo de Fiji. As divisões são basicamente agrupamentos de províncias e possuem poucas funções administrativas. Cada província possui um Câmara Provincialque podem, dentro de suas províncias, criar leis e impostos, sujeitos a aprovação do governo de Fiji.
O governo de Fiji também é responsável pela nomeação do Roko Tui, chefe executivo da Câmara Provincial.
A ilha de Rotuma, ao norte do arquipélago, tem status de dependência, ela está incluída na Divisão Oeste para fins estatísticos (censo, por exemplo), porém, administrativamente ela possui autonomia interna com sua própria câmara e poderes para legislar sobre a maioria dos assuntos locais.

Geografia[editar | editar código-fonte]

Kadavu e o Recife do Grande Astrolábio.
arquipélago de Fiji consiste de 322 ilhas, um terço das quais são desabitadas. As duas ilhas mais importantes são Viti Levu e Vanua Levu. É em Viti Levu que se situa a capitalSuva, e onde vivem quase três quartos da população. As ilhas são montanhosas, com picos que se erguem aos 1.324 m no Monte Vitória ou Tomanici na língua fijiana, na área central da ilha Viti Levu, e cobertas por florestas tropicais. Outras cidades importantes são LabasaLautokaNadi e Savusavu.

Economia[editar | editar código-fonte]

Ver artigo principal: Economia de Fiji
Com solos férteis que permitem o cultivo da cana-de-açúcar, este é o principal produto de exportação, além do coco e gengibre.
economia de Fiji é uma das mais desenvolvidas do Oceano Pacífico. A exportação de açúcar, as remessas de dinheiro feitas por fijianos residentes no exterior, e o turismo (de 300 a 400 mil turistas por ano visitam o país) são as principais fontes de receitas do país.
O açúcar fijiano tem como destino principal a União Europeia. Em 2007 a ajuda econômica da UE ao país foi suspensa, enquanto o governo que assumiu o poder após o golpe de estado não estabelece um cronograma para novas eleições.

Demografia[editar | editar código-fonte]

Ver artigo principal: Demografia de Fiji
A população de Fiji é composta em sua maioria por fijianos (54,3%) e indianos (38,1%). Atualmente, 52% dos habitantes vivem nos centros urbanos (projeção 2007).
crescimento demográfico em Fiji é de 0,98% ao ano (2000-2005). A taxa de fecundidade é de 2,72 filhos por mulher (2006). A mortalidade infantil é de 20 crianças por 1.000 crianças nascidas, segundo estimativas de 2007.
Dados de 2007 revelam que 5,6% da população de Fiji é analfabeta.

Cidades mais populosas[editar | editar código-fonte]

Cultura[editar | editar código-fonte]

Ver artigo principal: Cultura de Fiji

Religião[editar | editar código-fonte]

Segundo dados de 2005, 57% dos fijianos são cristãos, composto por 45% de protestantes no total da população. Cerca de 34% praticam o hinduísmo e ainda verifica-se que 7% da população é islâmica.
Os líderes tribais dessas ilhas costumavam praticar atos de canibalismo como forma de ritual; as pessoas que eram comidas eram consideradas especiais na comunidade, etalheres próprios eram utilizados nesta cerimônia, que não podiam ser utilizados para comer outros "alimentos".

Línguas[editar | editar código-fonte]

Nas ilhas Fiji são falados três idiomas, que são as línguas oficiais do país: o fijiano, idioma dos habitantes nativos das ilhas, o inglês, devido à colonização britânica no século XIX, e uma variante do hindi chamada de hindi fijiano ou hindustani fijiano[carece de fontes], trazida por imigrantes indianos.

Curiosidades[editar | editar código-fonte]

Broom icon.svg
Se(c)ções de curiosidades são desencorajadas pelas políticas da Wikipédia.
Ajude a melhorar este artigo, integrando ao corpo do texto os itens relevantes e removendo os supérfluos ou impróprios.
  • A melodia do hino nacional deste país é de autoria de Charles Austin Miles (1868-1946), é exatamente a mesma verificada em hinários religiosos: o hino 212 "Os Guerreiros Se Preparam", da Harpa Cristã; o hino 579 "Olhando pra Cristo", do Cantor Cristão; o hino 560 "Olhando pra Cristo, HCC; e o hino 363 "Terra de Beulá", do Hinário Adventista; (Dwelling In Beulah Land). A melodia .
  • O filme Anaconda 2 se passou na ilha de Fiji.

Notas

  1. Ir para cima A palavra Fiji, sem acento, é, de acordo com as regras da língua portuguesa, pronunciada [fiˈʒi] fi-JI. A grafia Fidji está mais próxima da pronúncia em inglês, mas a falta de acento implicaria pronúncia também oxítona ([fiˈdʒi] fi-DJI. A grafia *Fíji (AFI: [ˈfiʒi] FI-ji), usada oficialmente pelo Ministério das Relações Exteriores do Brasil e ocasionalmente por alguns meios de comunicação, é aquela que melhor reproduz a pronúncia atual em português, estando também mais próxima do original inglês.

Referências

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Commons
Commons possui imagens e outras mídias sobre Fiji
Bandeira das FijiFiji
Bandeira • Brasão • Cultura • Demografia • Economia • Geografia • História • Portal • Política • Subdivisões • Imagens


https://pt.wikipedia.org/wiki/Fiji